Introdução

Nunca espirre para dentro

(conselho do jornalista Carlos Nealdo para problemas amorosos)

Conversando com ele – ele mesmo, o grande conselheiro Nealdo -, chegamos à conclusão de que existem dois tipos de jornalismo e de jornalistas: o “bonzinho” e o “mauzão”. Ambos fazem (ou deveriam) seus trabalhos da melhor forma possível, com o profissionalismo que lhes é exigido. O primeiro atua nas assessorias de comunicação, o segundo nas redações. Como é fato, infelizmente necessário, muitos jornalistas acabam trabalhando nos dois lados da coisa. Mau mesmo é quando esses lados começam a se confundir. Aí o jornalismo se confunde também.

Anúncios